Reflexão o nascimento e o crescimento dos filhos…

Reflexão o nascimento e crescimento dos filhos…

O nascimento e crescimento dos filhos!
A notícia da espera de um bebê e a experiência de se vivenciar o nascimento de um filho é única e totalmente pessoal
 em virtude das circunstâncias que envolvem este nascimento. Então abaixo segue uma pequena reflexão sobre o que penso em relação ao nascimento de um filho… espero que goste!

A expectativa e sentimentos para o nascer de um filho…

A notícia de que seremos papai ou mamãe desencadeia em nós um misto de sentimentos que não sabemos descrever… A notícia é motivo de euforia, de ansiedade boa, de muita expectativa e um pouco de medo e incertezas.

Quando recebi a notícia de que seria pai pela primeira vez senti que naquele momento a vida passou a ter um sentido novo, naquele momento foi como se eu tivesse entrado para um clube restrito, e agora participara de algo grandioso, o “o milagre do nascer… do viver… do existir…”. Não sabia se sorria, se chorava, pra quem contar, o que dizer, rs…

Passada a euforia do primeiro momento, somos tomados por mais uma leva de sentimentos… alguns ruins como angústias, medos e inseguranças…pensar que daquele momento em diante, todas as decisões deverão ser tomadas considerando uma criança na família…

Com o passar dos dias a futura mamãe precisará de muita atenção e compreensão pois já começam os enjoos, cansaço, azia, náuseas, alteração hormonal e, consequentemente, de humor. É preciso muito companheirismo nessa hora.

E também vimemos muitos momentos e sentimentos bons… a expectativa para a chegada do bebê… a curiosidade quanto ao sexo do bebê… aprendemos a amar o bebê antes mesmo de ele nascer…

É o momento de curtir a gravidez…  planejar, esperar, imaginar como será, se ele irá chorar muito, se vai ser perfeitinho, se irá se parecer com o pai ou com a mãe…  ai fazer o primeiro ultrassom… o segundo… o  crescimento da barriga… a bela sensação de saber e sentir a leve pulsação do coraçãozinho… registrar cada momento para depois fazer um lindo book… e lá se vão 9 meses de muita expectativa, incertezas e certezas!

Eis alguns destes momentos…

Fotos em família - nascimento e crescimento dos filhos

O Milagre do nascer… 

Se você é a mãe, você carregou seu bebê em seu ventre por nove meses. Se você é pai, você ansiosamente esperou o bebê nascer, e quando ele nasceu, uma alegria inexprimível transbordou os nossos corações, nos deixando “bobos”, apaixonados… e sentiu a maravilhosa sensação de felicidade e realização.

Enfim ter filhos é um dos milagres da vida, somente quem já os teve pode dizer o quanto é especial o nascimento de um filho, não há nada que se compare. As crianças são presentes enviados por Deus que alegram nossas vidas… iluminam nossos dias e nos dão força e motivação para seguir em frente!

As barreiras e dificuldades do “Crescer”…

Há quem pense que ter filhos… que criar e educa-los… será simples como tê-los nos braços e cantar canções de ninar para eles, enganam-se…

Ao olharmos para trás, vemos a grande diferença dos dias de hoje para os dias em que fomos educados… e por sua vez, mais diferente ainda foi a época em que nossos pais foram educados, e assim sucessivamente.

Penso que não seria radical ao afirmar que até meio século atrás, os filhos eram de certa forma uma “propriedade dos pais”… naquela época era comum os pais “decidirem” o destino dos filhos no âmbito familiar e profissional. Hoje estes são mais livres para escolherem suas profissões; são mais livres para escolher seus namorados(as), para se casarem ou não, etc.

Estas mudanças (positivas a meu ver) trouxeram grandes dificuldades para nós pais, e disciplinar, educar e encaminhar bem os filhos hoje não é uma tarefa fácil… nem quero listar aqui os motivos e nem por em debate as diferenças e dificuldades das épocas distintas.

É preciso dar asas aos filhos… e ensiná-los a voar!

Hoje mais do que nunca temos de enfrentar o desafio de sensibilizar nossos filhos a serem cidadãos independentes, para que possam entrar fortalecidos no combate com a vida, onde terão que gladiar com o que vir a frente sem ter medo de prosseguir, assim serão capazes de saber enfrentar os desafios que a roda gigante da vida oferece, e saberão suportar os ônus e os bônus de suas escolhas.

É preciso dar asas aos filhos, mas mais do que isto, é preciso ensiná-los a voar.
Não adianta lançar mão de superproteção e demasiado mimo. O cuidado e proteção em excesso podem prejudicar o desenvolvimento da criança e o mesmo não irá desenvolver os meios necessários para se manter sobre as próprias pernas.

E para os pais que assim como eu estão iniciando este processo,cada vez mais difícil, de encaminhar bem os filhos, gostaria de compartilhar uma mensagem que circulou muito a internet do Famoso médico, escritor e palestrante Içami Tiba. Não ligue com a péssima voz e sim com a essência da mensagem.

 

 

Filhos são como navios…

“Ao olhar um navio no porto, imaginamos que ele esteja em seu lugar mais seguro, protegido por uma forte âncora.

Mal sabemos que ali está em preparação, abastecimento e provisão para se lançar ao mar, ao destino para o qual foi criado, indo ao encontro das próprias aventuras e riscos.

Dependendo do que a natureza lhes reserva, poderá ter que desviar da rota, traçar outros caminhos ou procurar outros portos.

Certamente retornará fortalecido pelo aprendizado adquirido, mais enriquecido pelas diferentes culturas percorridas. E haverá muita gente no porto feliz à sua espera.

Assim são os filhos. Estes tem nos pais o seu porto seguro até que se tornem independentes.

Por mais segurança, sentimentos de preservação e manutenção que possam sentir junto aos seus pais, eles nasceram para singrar os  mares da vida, correr seus próprios riscos e viver suas próprias aventuras.

Certo que levarão consigo os exemplos dos pais, o que eles aprenderam e os conhecimentos da escola, mas a principal provisão, além das materiais, estará no interior de cada um:

A capacidade de ser feliz.

Sabemos, no entanto, que não existe felicidade pronta, algo que se guarda num esconderijo para ser doada, transmitida a alguém.

O lugar mais seguro que o navio pode estar é o porto. Mas ele não foi feito para permanecer ali.

Os pais também pensam que sejam o porto seguro dos filhos, mas não podem se esquecer do dever de prepará-los para navegar  mar a dentro e encontrar o seu próprio lugar, onde se sintam seguros, certos de que deverão ser, em outro tempo, este porto para outros seres.

Ninguém pode traçar o destino dos filhos, mas deve estar consciente de que na bagagem devem levar valores herdados como:

Humildade…
Humanidade…
Honestidade…
Disciplina…
Gratidão…
Generosidade….

Filhos nascem dos pais, mas devem se tornar cidadão do mundo.

Os pais podem querer o sorriso dos filhos, mas não podem sorrir por eles. Podem desejar e contribuir para a felicidade dos filhos, mas não podem ser felizes por eles.
A felicidade consiste em ter um ideal para buscar e ter a certeza de estar dando passos firmes no caminho da busca.

Os pais não devem seguir os passos dos filhos e nem devem estes descansar nos que os pais conquistaram. Devem os filhos seguir de onde os pais chegaram, de seu porto, e, como navios, partirem para as próprias conquistas e aventuras.

Mas, para isso, precisam ser preparados e amados, na certeza de que: Quem Ama Educa!”

“COMO É DIFÍCIL SOLTAR AS AMARRAS!”

Içami Tiba

 

Gostou deste post? Compartilhe comigo como foi no seu caso… as reações e sentimentos que teve, o que mudou com a chegada dos filhos… eu ficarei felizes em saber um pouquinho da sua experiência. 

 

 Se têm mais de um filho, confira também este outro post: Como evitar brigas entre irmãos.

 

Recomendados para você!
Adeus Celulite
Adeus Celulite
Acessar
Elimine de uma vez por todas as celulites dos glúteos, pernas, quadris e coxas.
RESTAURE SEU CASAMENTO!
RESTAURE SEU CASAMENTO!
Acessar
Se você pensa que não têm mais chances de ter seu marido de volta, este método simples irá murar sua vida e seu casamento.

Posts Relacionados

15 dicas que toda mãe de primeira viagem deve sabe... 15 dicas que toda mãe de primeira viagem deve saber Acompanhe neste post 15 dicas especiais para mãe de primeira viagem!   Você é mãe de...
Dicas para Mãe de Primeira Viagem Ser mãe de primeira viagem é uma tarefa nada fácil. Por mais que a gente converse sobre o assunto, leia muito, tire dúvidas com nosso médico, etc, a...
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (10 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...